---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Recomendações para evitar o coronavírus – COVID-19

Publicado em 20/03/2020 às 16:24 - Atualizado em 20/03/2020 às 16:29

 

 

 

     Sim, o Coronavírus é um problema de todos nós. Engana-se quem pensa que está a salvo por conta de sua idade ou situação econômica. Estamos vivenciando uma pandemia de um vírus novo, o qual está nos obrigando a modificar, rapidamente, nossa rotina para evitar uma tragédia de proporção maior.

 

     Tudo que é novo e exige mudar causa estranheza e, infelizmente, resistência. Por isso, todos nós temos que nos sensibilizar e sensibilizar nossa rede de convívio chamando à atenção para a importância de evitar aglomerações, intensificar hábitos de higiene e, o mais importante, respeitar o próximo.

 

      O QUE É A COVID-19?

 

     COVID-19 é a doença infecciosa descoberta mais recentemente causada pelo coronavírus. Tanto o novo vírus quanto a doença eram desconhecidos antes do surto em Wuhan, China, em dezembro de 2019.

 

     QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA COVID-19?

 

     Os sintomas mais comuns da COVID-19 são: febre, cansaço e tosse seca. Alguns pacientes podem ter dores, congestão nasal, dor de garganta ou diarreia. Esses sintomas geralmente são leves e aparecem gradualmente.

     Algumas pessoas são infectadas, mas não apresentam sintomas e não estão doentes.

     A maioria das pessoas se recupera da doença sem precisar de tratamento especial.

     As pessoas idosas e as que têm determinadas doenças, como pressão alta, problemas cardíacos ou diabetes, têm maior probabilidade de desenvolver a forma mais grave da COVID-19 e têm dificuldade para respirar.

 

>>> Pessoas com febre, tosse e falta de ar devem procurar atendimento médico.

 

     COMO A COVID-19 SE ESPALHA?

 

        Uma pessoa pode contrair a COVID-19 do contato com alguém que está infectado com o vírus.

       A doença pode se espalhar de pessoa para pessoa através de gotículas do nariz ou da boca, que são jogadas no ar quando uma pessoa infectada tosse, cospe ou mesmo fala. Para evitar esse tipo de contágio, deve-se manter uma distância segura de 1 metro entre as pessoas.

     As gotículas também podem cair sobre objetos e superfícies, onde o vírus pode sobreviver. Caso alguém toque nesses objetos ou superfícies e, em seguida, tocar nos olhos, nariz ou boca, a contaminação pode ocorrer.

 

 

RECOMENDAÇÕES PARA EVITAR O CORONAVÍRUS – COVID-19  

 

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão e passar álcool em gel.
  • Manter distância e evitar tocar em pessoas doentes.
  • Evitar lugares aglomerados e/ou fechados.
  • Quando tossir ou espirrar, cobrir a boca e o nariz.
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal.
  • Evitar deslocamentos enquanto a pessoa estiver doente.

 

     O QUE POSSO FAZER PARA ME PROTEGER E IMPEDIR A PROPAGAÇÃO DA DOENÇA?

 

     1. Lave bem as mãos e com frequência, usando álcool em gel ou água e sabão.

 Por quê? Lavar as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel mata os vírus que podem estar nas suas mãos.

 

     2. Mantenha uma distância mínima de 1 metro entre você e qualquer pessoa que tosse ou espirra.

Por quê? Quando alguém tosse ou espirra, gotas de fluido que podem conter o vírus são liberadas pelo nariz ou pela boca. Se você estiver muito perto, pode respirar as gotículas e, com elas, o vírus COVID-19.

 

     3. Evite tocar nos olhos, nariz e boca.

Por quê? As mãos tocam muitas superfícies e podem “pegar” vírus. Uma vez contaminadas, as mãos podem transferir o vírus para os olhos, nariz ou boca. A partir daí o vírus pode entrar no seu corpo e causar doenças.

 

     4. Você e as pessoas ao seu redor devem manter uma boa higiene das vias aéreas. Isso significa cobrir a boca e o nariz com o cotovelo dobrado ou com um lenço de papel quando tossir ou espirrar. O lenço usado deve ser descartado imediatamente.

Por quê? Os vírus se espalham através de gotículas. Ao manter uma boa higiene respiratória, você protege as pessoas ao seu redor contra vírus como resfriado, gripe e COVID-19.

 

     5. Fique em casa se não estiver bem. Se você tiver febre, tosse e falta de ar, procure atendimento médico e ligue com antecedência para o posto de saúde, UPA ou pronto-socorro.

Por quê? Ligar com antecedência permitirá que o seu atendimento seja direcionado rapidamente ao centro de saúde certo. Isso também irá protegê-lo e ajudar a impedir a propagação de vírus e outras infecções.

 

     6. Mantenha-se informado sobre as últimas notícias sobre a COVID-19 em canais oficiais e siga as orientações sobre como se proteger e a outras pessoas da COVID-19.

Por quê? Os canais oficiais terão as informações mais atualizadas sobre se a COVID-19 está se espalhando em sua área e sobre os cuidados corretos para se proteger.

 

     7. Confira as últimas notícias sobre as áreas mais perigosas (ou seja, as cidades e lugares onde a doença está se espalhando mais amplamente). Se possível, evite se deslocar para essas áreas, especialmente se você é idoso ou tem diabetes, doenças cardíacas ou pulmonares.

 Por quê? Essas precauções devem ser tomadas nessas áreas, porque a probabilidade de contrair COVID-19 é maior.

 

 Fonte: http://www.saude.sc.gov.br/coronavirus/index.html


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar